Google Translate

Google Connect

Google+ Followers

domingo, 6 de outubro de 2013

Antero Vaz de Andrade: O Amor nos Tempos do Tablet

O Amor nos Tempos do Tablet


Queria te ver
saber quem você é
o que gosta
onde está
como é!

Queria muito te ver
conhecer
ver teus olhos
teu olhar
teu pensar!

Ah! Como eu amaria te amar
e ficar só assim
muito tempo no teu corpo
uma eternidade no teu pensamento e no meu.

Muitos aconchegos,
suspiros e ais!

Queria muito
que este texto fosse um poema!
Um poema de amor a ti dedicado
que fizesse a magia
de teu coração conquistar.

Mas a vida não é doce,
o mar não é azul,
poeta é tudo abestado, e vive do passado.

E tua foto-avatar é de outra pessoa!
(Antero Vaz de Andrade)

Posts Mais Acessados